Portal Revista Opinião

Copa das Confederações: Brasil, Itália, México e Japão no grupo da morte

Matéria publicada em, 1 de dezembro de 2012

Se for pensar em seleções teoricamente mais fracas, do ponto de vista técnico, o Brasil se deu mal no sorteio deste sábado e terá uma espécie de “grupo da morte” pela frente na Copa das Confederações, em 2013. A seleção de Luiz Felipe Scolari, cabeça de chave do grupo A, vai estrear contra o Japão em Brasília, vai até Fortaleza enfrentar o México na segunda rodada e encerra a primeira fase diante da Itália, em Salvador.

Atala e Valcke no sorteio

Do outro lado, no grupo B, a Espanha terá vida bem mais fácil, apesar da estreia dura diante do Uruguai, rival mais forte da chave, em Recife. Na sequência, no entanto, a atual campeã mundial encara Taiti e um representante africano ainda não definido.

O sorteio, evento de gala da Fifa, com direito a produção global antes e depois da cerimônia, aconteceu no Anhembi, na zona norte de São Paulo. A parte principal do acontecimento, no entanto, foi tumultuada. Convidado especial, o chef Alex Atala confundiu-se ao pegar a bola que correspondia ao Grupo A quando surgiu o nome do Uruguai (pote B) e deixou o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, visivelmente constrangido.

Apesar do imprevisto, no fim de sua participação o cartola ainda teve tempo de brincar com a modelo Adriana Lima, outra convidada do evento, antes de deixar o palco. A festa na capital paulista serve como uma espécie de consolo para a cidade, que está fora do torneio. O Itaquerão, estádio que sediará a abertura da Copa 2014, não ficará pronto a tempo.

Por isso, as sedes da Copa das Confederações, que reúne campeões continentais de todo o mundo, serão Belo Horizonte, Brasília, Fortaleza, Recife, Rio de Janeiro e Salvador. A competição acontecerá em junho do ano que vem.

Veja a tabela do torneio:

Da Redação                                               Fonte: G1 e UOL


Revista Opinião
ESPORTES
ENTRETENIMENTO