Contas do estado passarão por auditoria, segundo o novo controlador Nuno Kauê Bernardes

Matéria publicada em, 14 de janeiro de 2016

A Controladoria-Geral do Estado (CGE) fará uma auditoria na folha de pagamento dos servidores do Piauí. A informação foi dada pelo novo controlador-geral do Estado, Nuno Kauê dos Santos Bernardes Bezerra, em entrevista ao Jornal do Piauí desta quinta-feira (14). De acordo com ele, a averiguação será feita a pedido do governador Wellington Dias (PT).

Nuno Kauê Bernardes, novo Controlador-Geral do Estado do Piauí
Nuno Kauê Bernardes, novo Controlador-Geral do Estado do Piauí

“Já existe um trabalho em andamento na CGE com vistas a avaliar a folha de pagamento do Estado. Foi um trabalho que foi solicitado, no ano passado, pelo próprio governador e se trata de uma auditoria na folha de pagamento, para verificar se existem inconsistências, com vistas, a dentre outros, a redução de gastos de pessoal do poder executivo do Estado do Piauí”, explicou Nuno Bernardes.

Escolhido pelo governador na manhã da última terça-feira (12), o novo controlador-geral do Estado reconhece que o momento econômico é delicado. “Estamos vivendo uma situação econômica frágil em que as receitas diminuíram e por outro lado o gestor tem que adotar medidas, reduzindo também as despesas, esse é um dos principais papeis da CGE, ajudar o gestor publico e o governador na avaliação das políticas públicas, na redução dos gastos e na eficiência da administração da máquina”, informou.

Com o número de auditores insuficiente para fiscalizar todas as contas do Estado, Nuno Bernardes revela que o foco da CGE será nos principais órgãos. “A CGE, hoje, conta com 47 auditores, então é impossível você verificar todos os gastos de todas as delegacias do poder executivo estadual. Nós temos que priorizar aquelas ações que tem o maior impacto, relevância e retorno para o Estado do Piauí. Hoje, 12 órgãos estaduais concentram, aproximadamente, 85% do orçamento do Estado e uma das nossas principais diretrizes é direcionar esforços para que possamos ter um resultado mais efetivo”, finalizou.

Fonte: Cidadeverde.com


Revista Opinião
ESPORTES
ENTRETENIMENTO