CONSTRUINDO UMA NOVA HISTÓRIA

Matéria publicada em, 12 de março de 2011

Prezado ex-prefeito, professor Pedro Paulo Macedo da Rocha,

Pedro Paulo Macedo da Rocha

O tempo passa, e muitas vezes não se percebe, e quando a gente se dá conta a história está escrita. Neste dia em que você escreve a quinquagésima página de sua história de vida, me congratulo pelo encanto da magnífica data.

No prefácio do seu livro da vida estão preconizados os maiores valores do homem, que são a personalidade uniforme, a moral e a ética do cidadão Pedro Paulo. Disciplinado e obstinado aos seus princípios e aos seus ideais, honrado e exemplar chefe de família, ingredientes imprescindíveis ao caráter de um homem.  Predestinado a subir ao topo mais alto da política do município, vigorado por um sentimento de desejo de mudança, que nascia da alma e dos corpos de um povo. Mas o que lhe qualificou a ser prefeito foi sua fabulosa biografia. E com sabedoria você colocou o município no caminho certo e na velocidade estável para o progresso. Você enalteceu e honrou a história do nosso município, por ser ativista do respeito e da responsabilidade com a coisa pública. Mas, a maior obra de envergadura da sua administração foi a decência, obra que reputo da maior importância numa sociedade carente de justiça social e ausente de cidadania.  Com isso, você entrou para a galeria da elite dos prefeitos decentes, que nos orgulha muito. Tudo isso sem o marketing do personalismo. Parabéns, nobre ex-prefeito! Hoje você é homenageado com a maior condecoração que um ser humano pode ter, o caráter de cidadão, traço marcante de sua personalidade. Por sua grandeza e patriotismo hoje você é agraciado com a medalha da decência. Receba esta comenda  de todos que o conhecem.

Um capítulo à parte desta história é que você tornou-se um professor catedrático, por sua eficiência, por sua responsabilidade, por sua dedicação, e pelo seu compromisso com a educação do nosso município. Notabilizado por sua pedagogia simples e eficaz aplicada no cotidiano, filósofo e intelectual, por ser uma caixa de ressonância de conhecimento, historiador e fluente nas suas apologias.

Tive o júbilo de conhecer o ilustre professor nas peladas dos finais de semanas no time dos Professores, momento de encontro com o entretenimento, com o riso, com o laser. Uma das horas mais saudáveis. Mas você foi uma referência como volante na sua passagem meteórica no time do Brasil.

Eminente professor, os meus mais efusivos parabéns. Parabéns pela desenvoltura da sua história. Que Deus te ilumine, lhe dê saúde,  paz e felicidade.

São os votos de Faustino, Elizete, Roger e Varner.

Feliz aniversário.

12/03/2011

Por: Faustino Alves dos Reis Neto


Revista Opinião