Portal Revista Opinião

CONSELHO TUTELAR DE LAGOA ALEGRE ENTRA EM GREVE

Matéria publicada em, 23 de outubro de 2011

O Conselho Tutelar do município de Lagoa Alegre-PI,  que fica a 30 km de José de Freitas e 99 Km ao norte de Teresina, resolveu paralisar suas atividades em razão dos constantes atrasos em seus salários. Desde de 2009 os cinco conselheiros recebem seus salários ficando sempre três meses atrasados, explicou o coordenador Edmar Machado.

Lagoa Alegre-PI

Segundo os conselheiros, a prefeita Gercimar Borges justifica que a situação financeira do município está difícil e por isso o atraso. “Esta explicação não convence, porque durante os festejos religiosos ela pagou banda e cantores todas as nove noites do festejo. Como pode falar em crise?”  questiona Edmar.

De acordo com os conselheiros eles estão sem condições de trabalho, inclusive usando seus próprios telefones para os contatos, não têm transporte para realizarem seus trabalhos em comunidades rurais que estão há dez, quinze ou 20 km de distancia. “A maioria dos trabalhos tem sido feita a pé. Estamos sem internet porque não pagaram o provedor; a impressora quebrou há um mês e eles não fazem nada”, reclama.

Os conselheiros estarão comunicando a situação ao juiz do município de União-PI, pois, com a paralisação, muitos serviços deixarão de ser realizados, como o atendimento a ocorrências nas comunidades  rurais, agressões às crianças que ocorrem nas famílias, maus tratos etc.

“A proposta apresentada pela prefeitura foi de pagar apenas um mês do atrasado e não retornaremos se não pagarem todo o atrasado e melhorarem as condições de trabalho. Vamos à justiça, pois é direito nosso garantido por lei e obrigação do município”, declara o conselheiro Edmar Machado.

Por Aerton Tingaúna                                          Fonte: acessepiaui


Revista Opinião
ESPORTES
ENTRETENIMENTO