Portal Revista Opinião

Congressos de BB e Caixa aprovam pautas específicas e fortalecem unidade

Matéria publicada em, 13 de julho de 2011

Os 338 delegados presentes ao 22º Congresso Nacional dos Funcionários do Banco do Brasil e os 417 participantes do 27º Congresso Nacional dos Empregados da Caixa Econômica Federal aprovaram nas plenárias finais realizadas neste domingo, 10, em São Paulo, as pautas específicas que foram avaliadas durante o sábado (09) e que  serão apresentadas aos dois bancos federais na Campanha dos Bancários de 2011. A pauta geral de reivindicações da categoria, que inclui o índice de reajuste salarial, será definida pela Conferência Nacional dos Bancários marcada para os dias 29 a 31 de julho, também em São Paulo. O encontro iniciou com uma palestra ministrada pelo deputado federal Ricardo Berzoini sobre a conjuntura política e econômica do Brasil e do mundo.

Palestrante dep. fed. Ricardo Berzoini

“Os dois encontros coroam o processo democrático traduzido pela pluralidade de ideias e pelo embate maduro durante os debates nos grupos e plenárias. Antecedendo os congressos ocorreram ainda diversos encontros, assembleias e conferências que permitiram a participação de milhares de trabalhadores em todo o país, o que fortalece a estratégia do fortalecimento da unidade nacional na busca de novas conquistas para a categoria”, avalia Marcel Barros, secretário-geral da Contraf-CUT.

Representantes dos estados no Encontro Nacional

O Piauí esteve no evento representado por cinco delegados eleitos em assembléia, um deles é Luis Alves, bancário de José de Freitas. Os delegados presentes foram divididos em quatro grupos, a saber: remuneração e jornada de trabalho, saúde, banco público e previdência. Cada  grupo elaborou  propostas as quais foram votadas na plenária final no domingo (10). Entre as principais reivindicações da categoria estavam o fim do assédio moral, fim dos correspondentes bancários e piso salarial calculado pelo DIEESE, que é R$ 2.293,31.

Bancário Luis Alves com o ex-ministro de Lula, Dep. Fed. Ricardo Berzoini

Da Redação (Com informações de Luis Alves do BB de José de Freitas-PI e CONTRAF)


Revista Opinião
ESPORTES
ENTRETENIMENTO