Cheques: Piauí lidera o ranking de melhores pagadores de 2011

Matéria publicada em, 11 de janeiro de 2012

Pesquisa sobre cheques mostra que o Piauí liderou o ranking de melhores pagadores de 2011, com 98,55% do cheques honrados, conforme mostra o levantamento da TeleCheque, divulgado nesta quarta-feira (11).

Na sequência, aparecem Sergipe (97,98%) Rio Grande do Sul (97,94%) e Santa Catarina(97,91%).

O estado de São Paulo teve 97,83% dos cheques emitidos honrados, ficando na quinta posição do ranking. O número está acima da média nacional, que foi de 97,2% em no ano passado.

Ainda em São Paulo, por diferença de 0,30 ponto percentual, as mulheres foram mais responsáveis com seus pagamentos, com 97,69% dos cheques honrados, frente aos 97,39% do homens, conforme mostra tabela:

Inadimplência

Já inadimplência fechou o ano em 2,17% em São Paulo, abaixo da média nacional, que foi de 2,8% no ano passado.

O Amazonas foi o estado onde foi verificado o maior número de inadimplentes (4,45%), seguido pela Paraíba, com índice de 4,28%, e Rio Grande do Norte, com 4,17%.

A pesquisa também revelou que, no estado de São Paulo, os homens foram mais inadimplentes do que as mulheres em 2011. Entre o sexo masculino, a inadimplência atingiu 2,61%, e entre o sexo feminino chegou a 2,31%.

No geral, homens e mulheres ficaram quase empatados no que diz respeito à inadimplência em 2011, com 3,06% e 3,05%, respectivamente.

Ranking de cheques honrados
Estado  Homem Mulher Total
Piauí 97,98% 99,03% 98,55%
Sergipe 97,53% 98,25% 97,98%
Rio Grande do Sul 97,79% 97,62% 97,94%
Santa Catarina 97,41% 97,40% 97,91%
São Paulo 97,39% 97,69% 97,83%
Paraná 97,48% 97,06% 97,72%
Goiás 97,32% 97,90% 97,57%
Minas Gerais 97,29% 97,19% 97,43%
Mato Grosso 96,89% 97,20% 97,18%
Espiríto Santo 96,84% 96,46% 97,07%
Rio de Janiero 96,19% 96,68% 96,68%
Alagoas 96,28% 96,87% 96,60%
Ceará 95,59% 96,19% 96,16%
Pernambuco 95,49% 95,91% 96,12%
Bahia 95,56% 95,80% 96,08%
Maranhão 95,89% 95,08% 96,07%
Pará 95,80% 95,71% 95,89%
Rio Grande do Norte 96,09% 95,64% 95,83%
Paraíba 95,57% 95,49% 95,72%
Amazonas  94,83% 95,29% 95,55%
Geral 96,94% 96,95% 97,20%
Fonte: Msn/TeleCheque

Revista Opinião