Portal Revista Opinião

Católicos de José de Freitas celebram o Corpus Christi

Matéria publicada em, 23 de junho de 2011

Procissão de Corpus Christi pelas ruas da cidade

Na quinta-feira, após a solenidade da Santíssima Trindade, a Igreja celebra, devotamente, a solenidade do Santíssimo Corpo e Sangue de Cristo, festa comumente chamada de Corpus Christi. A motivação litúrgica para tal festa é, indubitavelmente, o louvor merecido à Eucaristia, fonte de vida da Igreja. Desde o princípio de sua história, a Igreja devota à Eucaristia um zelo especial, pois reconhece neste sinal sacramental o próprio Jesus, que continua presente, vivo e atuante em meio às comunidades cristãs. Celebrar Corpus Christi significa fazer memória solene da entrega que Jesus fez de sua própria carne e sangue, para a vida da Igreja, e comprometer-nos com a missão de levar esta Boa Nova para todas as pessoas.

A procissão pelas vias públicas, quando é feita, atende a uma recomendação do Código de Direito Canônico (cân. 944) que determina ao Bispo diocesano que a providencie, onde for possível, “para testemunhar publicamente a adoração e a veneração para com a Santíssima Eucaristia, principalmente na solenidade do Corpo e Sangue de Cristo.”

Na tarde desta quinta-feira, dia 23 de junho de 2011, o dia do Corpo de Cristo, Católicos da cidade de José de Freitas celebraram uma missa às 16 horas, em seguida saíram em procissão por algumas ruas da cidade. Durante a procissão, como ato de fé pela eucaristia, foi colocado em suas orações intenções pelas famílias, enfermos, governantes, sacerdotes e outros.

O que se percebe hoje é uma perda dos valores cristãos e uma supervalorização dos valores materiais. O feriadão, como muitos chamam, deveria ser um momento de reflexão para um compromisso com as atitudes cristãs. A pergunta é: podemos viver sem Deus? A resposta é pessoal, depende do que cada um acredita, mas poderemos, no mínimo, respeitar os valores e crenças uns dos outros. Assim, para os católicos, o dia de Corpus Christi é muito mais de que um feriadão, é um momento de rememorarmos o sacrifício que Jesus Cristo fez por cada um de nós.

Por: Paulo Henrique – José de Freitas-PI


Revista Opinião
ESPORTES
ENTRETENIMENTO