Casal fica ferido e animal tem a cabeça decepada durante grave acidente entre J. de Freitas e THE

Matéria publicada em, 20 de agosto de 2018

Chagas Silva Para o Revista Opinião

Na noite deste domingo 19 de Agosto, foi registrado um violento acidente de trânsito na PI-113, entre as cidades de José de Freitas e Teresina, na altura do povoado Bolena, o acidente envolveu um automóvel, uma motocicleta e um animal que teve a cabeça decepada.

De acordo com informações colhidas pelo o Revista Opinião, o veículo envolvido no acidente modelo Gol, de cor prata, era conduzido pelo fretense Márcio Jonas, que segundo ele, foi supreendido com um animal no asfalto, oportunidade que ainda tentou desviar do burro, porém atingiu só a cabeça no carro, decepando a mesma do corpo do animal, e durante a manobra, acabou também colhendo uma motocicleta deixando duas pessoas gravemente feridas.

Os ocupantes da motocicleta foram identificados como Luciana Alves da Silva e Manuel, que residem em Teresina, e estavam retornando da região de José de Freitas, quando se envolveram no acidente causado por um animal na pista.

Luciana sofreu um corte profundo na mão e perna esquerda, sendo socorrida por uma ambulância do SAMU lotada na base de José de Freitas. A outra pessoa ocupante da moto identificado como Manuel ficou em estado grave, e teve fratura em um dos braços e um corte muito grande no ombro, chegando a perder muito sangue no local, a vítima foi socorrida por uma ambulância aavançada de Teresina. As duas vítima foram levados para o HUT, onde passaram por procedimentos cirúrgicos ainda durante a madrugada.

O condutor do automóvel Márcio Jonas, reside em José de Freitas e é agente penitenciário e coordenador do programa pelotão mirim, saiu ileso do acidente, porém seu carro ficou parcialmente destruídos com o impacto contra o animal e também com a motocicleta.

O acidente chamou atenção de populares devido o animal ter a cabeça decepada. Uma equipe da polícia rodoviária Estadual esteve no local controlando o trânsito e auxiliando nos socorros as vítimas.


Revista Opinião