Carnaval: número de mortos em rodovias federais é o maior dos últimos cinco anos

Matéria publicada em, 9 de março de 2011

Número de mortos por acidentes no Carnaval é o mais alto em 5 anos

Colisão entre ônibus e caminhão em Santa Catarina - 26 mortos

Pelo menos 189 pessoas morreram em 3.566 acidentes de trânsito registrados nas estradas federais do Brasil durante o feriado do Carnaval, o que transformou as festas de 2011 nas mais trágicas dos últimos cinco anos, conforme um balanço parcial divulgado nesta quarta-feira pela Polícia Rodoviária Federal.

Além das 189 vítimas mortais, 2.152 pessoas sofreram ferimentos em acidentes registrados entre a madrugada de sexta-feira passada e esta terça, quando a Quarta-Feira de Cinzas encerra o Carnaval.

Os números superam os do ano passado, quando, em 3.233 acidentes registrados durante seis dias de Carnaval, 143 pessoas morreram e 1.912 ficaram feridas.

O número de mortos deste ano também supera os 145 registrados de 2007, que era até agora o mais violento nas estradas.

Os números podem subir mais já que muitas pessoas que viajaram para desfrutar o feriado ainda não retornaram às suas cidades de origem e se prevê um aumento do fluxo de veículos nesta quarta-feira.

O balanço inclui os acidentes ocorridos nas estradas administradas pelo Governo Federal, e não leva em conta os registrados em estradas regionais e municipais.

Dos cinco dias do Carnaval deste ano o mais violento nas estradas foi no sábado, precisamente quando a maioria dos turistas iniciou suas viagens e quando se registraram 58 mortes e 555 feridos em 1.046 acidentes.

Na operação da Polícia Rodoviária para prevenir os acidentes neste feriado, que prosseguirá até a meia-noite desta quarta-feira, foram detidos 437 motoristas embriagados.

O acidente mais grave foi registrado no sábado quando 26 pessoas que viajavam num ônibus de turismo morreram ao se chocar com um caminhão em uma estrada do estado de Santa Catarina, no sul do país. 

Fonte: msn.com


Revista Opinião