Capitão Fábio Abreu se afasta do subcomando da RONE para se candidatar nas eleições deste ano

Matéria publicada em, 17 de maio de 2014

O capitão PM Fábio Abreu, que é de José de Freitas-PI, pediu afastamento do subcomando da RONE para poder se candidatar nas eleições deste ano. O pedido já foi publicado no Diário Oficial do Estado. Agora, Fábio Abreu não é mais subcomandante do Batalhão Rondas Ostensivas de Natureza Especial. Ele é pré-candidato a deputado federal.

Capitão Fábio Abreu
Capitão Fábio Abreu

A data limite para a desincompatibilização de cargos de comando era até o dia 5 de abril último, por isso, o comandante da Polícia Militar, Coronel Lídio Rodrigues, fez a publicação retroativa a esta data. Segundo o capitão Fábio Abreu, o protocolo com o pedido de afastamento foi iniciado no dia 4 de abril. “Demora na burocracia interna atrasou a publicação no Diário Oficial”, justificou o capitão.

Contudo, o atraso no afastamento do cargo pode ser contestado na justiça eleitoral, visto que o até então subcomandante permaneceu exercendo as mesmas funções por mais de um mês após o prazo previsto pelo calendário eleitoral.

O capitão ainda não se filiou a nenhum partido, mas isso é permitido. Pelo fato dele ser militar, a filiação pode ser feita até o dia das convenções partidárias, que têm o prazo final para acontecer no dia 30 de junho. “Muitos partidos fizeram o convite, porém o diálogo está mais adiantando com o PT”, disse o capitão.

O capitão Paulo Silas Barros de Brito assume o lugar de Fábio Abreu no subcomando da RONE.

Da Redação


Revista Opinião