Portal Revista Opinião

Semifinais do Paulista: só os quatro grandes ficam

Matéria publicada em, 24 de abril de 2011

Palmeiras passa aperto, mas vence e agora encara o rival Corinthians

Valdivia comemora o seu golaço

Luiz Felipe Scolari manteve o seu bom histórico com o Palmeiras. Na 51º partida eliminatória que teve na sua trajetória com o time verde, ele bateu o Mirassol por 2 a 1 e agora se junta aos outros três grandes do estado na semifinal do Campeonato Paulista. Na noite deste domingo, no Pacaembu, o treinador alcançou a sua classificação de número 37. Mas teve um pouco de drama essa última façanha.

Depois de sair na frente com um golaço de Valdivia, aos 10 do primeiro tempo, o Palmeiras levou o empate antes de descer para o intervalo, justamente de um ex-corintiano – Marcelinho, revelado pela base alvinegra e ainda atleta do Timão, foi o autor do gol.

Os erros nas finalizações ficaram claros, principalmente com Luan. O atacante teve pelo menos duas boas chances de marcar, mas acabou desperdiçando. Coube a Márcio Araújo, atleta “queridinho” de Felipão e muito prestigiado no grupo, a missão de tirar a igualdade do marcador e colocar o Palmeiras no confronto com o Corinthians, que no sábado venceu o Oeste por 2 a 1.

Sem compromissos durante a semana, o Palmeiras apenas assiste à definição de seu adversário nas quartas de final da Copa do Brasil – o Coritiba venceu o primeiro jogo contra o Caxias por 4 a 0 e joga a volta na quinta-feira. O Alviverde folga nesta segunda-feira e depois terá pela frente uma semana cheia de treinos até a decisão com o Corinthians. A outra semifinal será entre São Paulo e Santos, que eliminaram Portuguesa (2 a 0) e Ponte Preta (1 a 0), respectivamente.

São Paulo despacha a Portuguesa e pegará o Santos na semifinal paulista

Dagoberto, autor do segundo gol, disputa lance com o zagueiro Domingos (Agência Estado)

O São Paulo não foi brilhante. Longe disso. Chegou até a passar dificuldades em vários lances. No entanto, fez prevalecer sua melhor qualidade técnica sobre a Portuguesa, neste domingo à tarde, na Arena Barueri. Venceu por 2 a 0 e fará a semifinal do Paulistão com o Santos, no próximo final de semana. A Lusa, na base da vontade, tentou se igualar, mas sofreu demais com a falta de qualidade de seus jogadores de frente e ficou no caminho.

Ilsinho e Dagoberto marcaram os gols do Tricolor. O clássico San-São deverá ser disputado no sábado, pois o Peixe precisa viajar para o México onde, na terça-feira seguinte, enfrentará o América-MEX pelas oitavas de final da Taça Libertadores da América. Como teve melhor campanha na primeira fase a equipe são-paulina será mandante, jogando no Morumbi.

No dia de São Jorge, Corinthians luta muito, mas vence o Oeste por 2 a 1

Willian comemora o gol da vitória do Corinthians (Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte.com)

O dragão não parecia ser tão feroz quanto aquele que a história conta, mas o Corinthians precisou ser guerreiro como São Jorge para chegar às semifinais do Campeonato Paulista. No dia de seu padroeiro, o Timão teve de enfrentar uma verdadeira guerra para vencer o Oeste por 2 a 1, nesta noite de sábado, no Pacaembu, pelas quartas de final. Salve, Jorge! E salve, Willian, autor do gol salvador!

 

 

O jogo pareceu que seria fácil depois que Liedson colocou o Alvinegro em vantagem logo aos nove minutos. Entretanto, uma falha de Julio Cesar (gol de Fábio Santos) nos acréscimos da etapa inicial transformou a partida em um drama. Mas, com as armas de seu santo guerreiro, o Timão criou inúmeras chances e viu o Oeste salvar duas bolas sobre a linha até que Willian, em um golaço, manteve a equipe viva na briga pelo título.

Agora, o domingo será de descanso e observação para os alvinegros. O clube aguarda pelo vencedor do confronto entre Palmeiras e Mirassol, às 18h30m (de Brasília), também no Pacaembu, para conhecer seu adversário na próxima fase. Do outro lado, o Peixe derrotou a Ponte Preta e espera por São Paulo e Portuguesa.

No Sábado

Técnica dos Meninos da Vila supera a força da Macaca e peixe está na semifinal

Neymar fez o gol do Santos na vitória sobre a Ponte Preta (Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte.com)

O Santos é o primeiro semifinalista do Campeonato Paulista. A técnica dos Meninos da Vila e o pé esquerdo certeiro de Neymar prevaleceram sobre a vontade da Ponte Preta, que, bem na hora do mata-mata, sofreu sua única derrota para um time grande do estado neste Paulistão. Com o triunfo por 1 a 0, o Peixe agora espera o vencedor de São Paulo e Portuguesa, que se enfrentam neste domingo, às 16h (horário de Brasília), na Arena Barueri.

 

 

A vitória santista foi conquistada com todos os titulares em campo. Muricy Ramalho não quis saber de poupar ninguém para o primeiro duelo das oitavas de final da Taça Libertadores contra o América do México, quarta-feira (21h50m de Brasília), na Vila. A ideia era dar entrosamento a uma formação que só havia sido usada uma vez – na vitória por 3 a 1 sobre o Deportivo Táchira-VEN, quarta-feira passada, no Pacaembu. Deu certo. O Santos mostrou bom futebol no primeiro tempo e poderia ter liquidado a fatura com mais facilidade. Diminuiu o ritmo no segundo e levou alguns sustos, como uma bola na trave. Mas, no geral, mostrou-se superior à Ponte e mereceu a classificação às semifinais do Paulistão.

Agora nas semifinais, o Alvinegro Praiano enfrenta o vencedor do duelo entre São Paulo e Portuguesa, neste domingo, na Arena Barueri. Na próxima etapa da competição, a vaga para a decisão do Estadual também será decidida em apenas um jogo.

Fonte: g1


Revista Opinião
ESPORTES
ENTRETENIMENTO