Portal Revista Opinião

Brasil: Voto fechado no legislativo é usado para manter mandatos de corruptos

Matéria publicada em, 31 de agosto de 2013

Na última quinta (29/08), a Câmara dos Deputados decidiu manter o mandato de um deputado condenado e já preso por roubar 8 milhões de reais dos cofres públicos. Essa decisão nunca teria acontecido se os votos dos deputados fossem públicos, abertos. Sendo assim, esse sistema duvidoso de votação secreta foi usado mais uma vez para resgatar um parlamentar comprovadamente corrupto.

Congresso brasileiro só se mobiliza pressionado pelo povo

Congresso brasileiro só se mobiliza pressionado pelo povo

Envergonhado por essa situação anti-democrática, o presidente da Câmara Henrique Eduardo Alves prometeu não colocar mais nenhuma proposta de cassação na pauta até que o fim do voto secreto seja votado.

As pessoas podem apressar essa importante decisão pressionando os parlamentares através de atos públicos, de manifestações na internet e de apelos em abaixo-assinados. O que não pode é permanecer como está, os parlamentares eleitos para legislar em favor do povo, usarem seus postos para assinarem uma conivência com a corrupção.

O Brasil precisa acabar com o voto secreto em suas casas legislativas o mais cedo possível, ou então os parlamentares condenados no processo do Mensalão, por exemplo, continuarão em seus mandatos – exatamente como aconteceu esta semana com o deputado Donadon. O povo precisa agir agora e exigir o fim do voto secreto.

No ano passado, graças a seus colegas, a deputada Jaqueline Roriz escapou da cassação, mesmo depois de ter sido flagrada em vídeo colocando na bolsa dinheiro de corrupção. Culpa do voto secreto. E agora aconteceu de novo: Natan Donadon, condenado e preso por corrupção, também foi ajudado por seus colegas. É a mesma velha história, em que nos fazem de palhaços.

Na teoria, o voto secreto existe para garantir que parlamentares não sejam alvo de ameaças e mantenham sua independência ao representar os eleitores. Atualmente, porém, é apenas mais uma ferramenta usada por nossos políticos para salvar a própria pele e atender aos próprios interesses. O voto aberto não só fará com que os deputados sejam responsáveis por aquilo que fazem no Congresso, mas também com que seja possível para a sociedade exigir as mudanças que deseja para o país. Ou o Congresso acaba com voto secreto ou o voto secreto acaba com o Congresso.

Da Redação                                                                                                         Fonte: Avaaz

 

 


Revista Opinião
ESPORTES
ENTRETENIMENTO