Portal Revista Opinião

Brasil: juro para estádio é menor que para construir creche

Matéria publicada em, 19 de fevereiro de 2014

Para não parar, a obra da Arena da Baixada, o estádio do Atlético-PR e de Curitiba para a Copa de 2014, mais uma vez terá que recorrer a empréstimo da Fomento Paraná, o órgão do governo do Estado Sulista que tem papel semelhante ao BNDES.

Mais uma vez a Fomento irá adiantar dinheiro para o Atlético-PR enquanto não chega um novo empréstimo do banco federal: desta vez de R$ 65 milhões, mas que pelos entraves burocráticos vai demorar para sair.

Arena da Baixada

Arena da Baixada

E, segundo Mario Celso Petraglia, o presidente do clube, e autoridades da Prefeitura e do governo do Estado, o empréstimo tampão terá condições idênticas a da linha criada pelo BNDES para financiar os 12 estádios do Mundial.

Isso significa a TJLP (Taxa de Juros de Longo Prazo, estipulada pelo Banco Central) e mais 1,9% ao ano. Isso, numa conta simples, dá 5,9% ao ano.

As cidades paranaenses adorariam ter as mesmas condições. Um dos principais programas do Fomenta Paraná é uma linha de crédito aos municípios do Estado. No seu site, o órgão lista as “necessidades” que podem ser atendidas pelos financiamentos. São elas:

“Projetos voltados à melhoria da qualidade de vida da população, tais como: Pavimentação de vias, construção de barracões industriais, terminais rodoviários, centros comunitários, creches, escolas, postos de bombeiros, tratamento de resíduos sólidos e também projetos de modernização administrativa, planos diretores, entre outros”.

As taxas de juros são bem mais salgadas que a oferecida ao Atlético-PR. São três faixas: uma para cidades com até 10 mil habitantes, outra para municípios que têm entre 10 mil e 100 mil moradores e, por fim, uma para locais com mais de 100 mil pessoas.

E a taxa mais barata, a das menores cidades, é de TJLP mais 3,5%, o que dá 8,5%. O valor sobe para 9% no caso das cidades médias e chega a 9,5% no caso dos grandes municípios.

Assim, construir uma escola ou creche com recursos da Fomenta Parana paga até quase o dobro dos juros camaradas que o Atlético-PR vai pagar para construir sua arena.

Fonte: MSN


Revista Opinião
ESPORTES
ENTRETENIMENTO