Portal Revista Opinião

Barragem do Bezerro recebe tilápias para diminuir ataques de piranhas

Matéria publicada em, 21 de setembro de 2011

Cerca de 100 mil alevinos de tilápias foram colocados nas águas da Barragem do Bezerro, em José de Freitas (PI), na manhã desta quarta-feira (21). A medida foi tomada pelo IBAMA a pedido da prefeitura municipal, para controlar o crescimento da população de piranhas no Balneário Bezerrro, e diminuir os ataques destas aos banhistas.

Pôr-do-sol na Barragem do Bezerro

Também fazem parte deste trabalho o Ministério da Pesca, a Secretaria Estadual do Meio Ambiente, o Dnocs e a associação dos pescadores. Segundo os pescadores, a tendência, com esta ação conjunta, é que o número de piranhas e, consequentemente, o de ataques aos banhistas diminuam, já que as tilápias servem de alimento para esses peixes carnívoros, e por outro lado, os ovos das piranhas servem para alimentar a população de tilápias. Deste que os primeiros banhistas foram atacados, já foram pescadas milhares de piranhas, com a autorização do IBAMA.

Piranhas capturadas na Barragem do Bezerro

Mão de banhista atacado por piranha

“O grande problema é que há um desequilíbrio aqui e falta de alimento para elas. A ideia é fazer um controle das piranhas, disponibilizando alimento, para que elas não agridam os banhistas”, completa José Carvalho, superintendente do Dnocs.

Da Redação


Revista Opinião
ESPORTES
ENTRETENIMENTO