Autoridades e sociedade freitense discutem municipalização do trânsito durante audiência pública

Matéria publicada em, 22 de maio de 2018

Chagas Silva Para o Revista Opinião

Aconteceu na manhã desta terça-feira, 22 de Maio 2018, no plenário da Câmara Municipal de vereadores de José de Freitas, uma audiência pública envolvendo autoridades municipais e vários seguimentos da sociedade freitense onde foi discutido a municipalização do trânsito local.

A audiência pública teve início por volta de 08h e 30min, e se estendeu por toda manhã, com vários pronunciamentos de autoridades referente a problemática do trânsito em José de Freitas, alguns se manifestaram a favor e outros contra a municipalização.

O evento foi realizado após o ministério público, através do promotor de justiça Flávio Teixeira, entrar com uma ação na justiça requerendo a municipalização do trânsito, tento manifestação favorável do Juiz de direito da comarca de José de Freitas, Dr. Lirton Nogueira, porém o município recorreu da decisão judicial, fato que motivou a realização da audiência pública para discussão pública.

Em seu pronunciamento, Flávio Teixeira abordou diversos problemas no trânsito municipal, destacando principalmente menores pilotando motos cedidas pelos próprios pais, que são coniventes com os filhos que cometem diariamente infração de trânsito, desrespeitando as leis, colocando vidas em risco. “Quem entrega veículos para menores, também são criminosos e estão passivos de punição” frisou Teixeira.

Esteve presente na audiência pública a maoria dos vereadores, Prefeito e vice, Comando do policiamento na pessoa do Major Valter, Guardas Municipais, Secretário de Segurança Municipal, ex-delegado Borges, Manuel Morais, diretor da Ciretran local, Maria da Cruz, presidente do STTR além de centenas de pessoas da comunidade freitense, que assistiram atentamente os pronunciamentos. O assunto deve ganhar ampla discussão entre os freitenses.

Fotos: Carlos Silva e Arimatea Ferreira


Revista Opinião