Portal Revista Opinião

Assaltantes devolvem ‘Bíblia Sagrada’ e jovens escapam de assalto após sairem de culto em José de Freitas

Matéria publicada em, 10 de fevereiro de 2020

Uma bolsa com duas Bíblias Sagrada foi o escape para duas jovens evangélicas identificadas como Raylane Amorim e Layane, se livrarem de um assalto na noite deste domingo (09 de Fevereiro 2020) na Rua Pedro Cruz, Bairro Tijuca em José de Freitas, as duas amigas retornavam á pé para suas residências após participar de um culto em uma igreja evangélica na Rua Gentil Freitas, quando foram abordadas por dois assaltantes em uma motocicleta e segundo elas, graças a Deus e a bíblia, escaparam do roubo.

Rua Pedro Cruz, Bairro Tijuca em José de Freitas

A jovem Raylane Amorim, contou para o Revista Opinião, que caminhava tranquilamente em companhia da sua amiga, quando foram surpreendidas por dois indivíduos em uma motocicleta Honda Pop, que as abordaram falando ‘perdeu, perdeu, é um assalto’, em seguida um dos elementos tomou uma bolsa da mão da sua amiga, que continha sua bíblia e escondido entre as folhas, seu aparelho celular, neste momento a jovem contou que pediu para o assaltante devolver sua bíblia, pois não tinha dinheiro e nem telefone celular, como o acusado não viu o aparelho devolveu a bolsa com a bíblia, em seguida a dupla fugiu na motocicleta.

Raylane Amorim, relatou o fato na sua rede social

Ainda segundo as jovens, o susto foi grande, pois eles estavam com tom ameaçador e não passava ninguém no momento. Durante a ação, eles disseram para não olhar pra eles. Após devolver o livro sagrado, as jovens de forma nervosa e educada ainda tiveram tempo de dizer obrigado moço por devolver minha bíblia.

Bolsa que foi devolvida pelos assaltantes com o livro sagrado

Raylane deixou bem claro que o importante mesmo era a bíblia, pois a ganhou presente e não queria perder. A jovem usou o espaço no status do aplicativo Whatsaap para relatar o fato.

Jovem faz relato de agradecimento

Reportagem do Portal Revista Opinião foi até o local citado pelas jovens, e constatou que a iluminação pública na rua, é precária, favorecendo a ação criminosa.

Rua Pedro Cruz, iluminação pública precária, favorecendo a ação criminosa

Jovem Raylane e Layane escaparam do assalto


Revista Opinião
ESPORTES
ENTRETENIMENTO