Portal Revista Opinião

Após vários acidentes prefeitura implanta redutores de velocidade na PI-113

Matéria publicada em, 10 de fevereiro de 2012

Com a recuperação da PI-113 aumentou assustadoramente o número de acidentes em seu trecho urbano que passa por José de Freitas. Em uma extensão de 3 km, que corta o município, foram pelo menos 30 acidentes e 4 vítimas fatais em um período de 2 anos. Após a reforma, foi feito apenas a sinalização horizontal de forma parcial, pois esqueceram de fazer faixas de pedestres nos locais de maior fluxo e próximo aos colégios, e também não fizeram a sinalização vertical, nem foram implantados redutores de velocidade.

Essa sinalização precária contribuiu diretamente para o grande número de acidentes, inclusive com vítimas fatais, o que gerou protestos e reivindicações por uma melhor sinalização.  Só agora, 2 anos depois da rodovia recuperada, e não mais querendo esperar pelo DER-PI ou Detran estadual, depois dos inúmeros protestos e acidentes, a prefeitura resolveu implantar redutores de velocidade, do tipo Tartaruga Tachão Reflexiva, no trecho que compreende as avenidas Paulino Pacífico e Min. Petrônio Portela.

Redutores, Gregory, Sr. Manoel e R. Basílio

Os redutores foram colocados em frente à Creche Mãe Biluca, no Bairro Suco de Uva, onde no dia 08 de novembro passado o jovem Joaquim Francisco de Oliveira, o Gregory, de 30 anos, perdeu a vida em um acidente ao colidir frontalmente a moto que pilotava com um caminhão; em frente ao Comercial Carvalho, local onde, em setembro de 2010, o mecânico Francinilson Gomes, 30 anos, perdeu a perna esquerda ao colidir sua moto com um veículo Gol; ao lado da praça de eventos, onde em 17 de outubro passado o aposentado Manoel Carui, de 81 anos, foi atropelado por uma moto, em consequência permanecendo internado por um mês no hospital quando não mais resistiu e veio a falecer. E um último redutor próximo ao colégio Antônio Freitas, onde no dia 24 de janeiro deste ano o fotógrafo Raimundo Basílio sofreu um grave acidente.

Da Redação


Revista Opinião
ESPORTES
ENTRETENIMENTO