Após ser assaltada, mulher persegue bandido e atropela-o. Assaltante morreu no local

Matéria publicada em, 16 de setembro de 2013

Uma mulher reagiu e atropelou um homem que teria lhe roubado uma bolsa na manhã desta segunda-feira (16/09), por volta das 10 horas. De carro, ela perseguiu o acusado, que fugia de moto, atropelou-o e arrastou-o por cerca de 20 metros. O acusado morreu na hora.

Moto do acusado de assaltar a mulher
Moto do acusado de assaltar a mulher

O assalto aconteceu no bairro Morada do Sol e teve fim nas proximidades da UniNovafapi. A testemunha Francisca Sousa, dona de casa, disse que viu os dois veículos em alta velocidade passando pela frente da sua casa. “Meu filho, eles passaram parecendo uma bala por aqui, depois eu fiquei só sabendo dessa tragédia”, disse Francisca.

A  mulher ainda não foi identificada. O acusado foi identificado como Rafael da Costa Barros, 30 anos. Policiais do 1º BPM, do RONE e agentes da Ciptran estiveram no local.  Segundo informações, a mulher teria admitido em depoimento que “criou coragem” para perseguir o bandido por um momento de fúria e pelo clima de impunidade, e insegurança com que vive a sociedade.

Depois de arrasatado por cerca de 20 metros, corpo do homem fica preso embaixo do carro
Depois de arrasatado por cerca de 20 metros, corpo do homem fica preso embaixo do carro

Em uma reportagem exibida pela Antena 10 sobre o caso, o Tenente Coronel da PM-PI, Alberto Menezes, contou que no momento da perseguição, o assaltante se deparou com uma curva, na qual ele, supostamente, teria perdido o controle e se chocado contra o meio fio e caído da motocicleta que guiava. A mulher, em alta velocidade, não conseguiu frear e o atropelou, arrastando-o por metros, até o carro parar totalmente, levando o homem a óbito.

Da Redação                                                                                                       Fonte e fotos: 180graus


Revista Opinião