Portal Revista Opinião

Em José de Freitas idosa de 90 anos ainda sonha com a chegada de energia elétrica em sua casa

Matéria publicada em, 21 de novembro de 2020

Em pleno século XXI ainda tem família em várias partes do Brasil que não dispõem de energia elétrica em casa, é o caso da Dona Maria Piu, aposentada de 90 anos de idade que mora com três filhas e um filho na localidade Caldeirão Velho, zona rural da cidade de José de Freitas – Piauí, no local não tem energia elétrica, fato que gera alguns transtornos para a idosa e as filhas que moram com ela, uma delas acometida de um AVC.

Dona Maria Piu, 90 anos de idade ao lado das filhas Francisca e Luíza 

A reportagem do Revista Opinião foi até a localidade conferir a situação. A aposentada e quatro filhos moram no local há mais de 60 anos, na casa não possui geladeira, TV ou qualquer outro eletrodoméstico indispensável para melhorar a qualidade de vida e proporcionar mais conforto para a família, tudo é feito de forma manual e a iluminação da residência durante a noite é a base de lamparina e vela branca.

Residência onde a idosa mora com as três filhas há mais de 60 anos

Para retirar água do poço artesiano para o consumo da família é usado um vasilhame que eles dão o nome de canecão, manuseado de forma braçal. No local o rádio ainda é o único meio de informação e entretenimento para a idosa e filhos, os três aparelhos de rádio existente na casa funcionam por meio de pilhas, já os alimentos perecíveis são colocados em um recipiente adequado para conservar, a carne é salgada e colocado em um local especial, a família só bebe água gelada quando o filho da aposentada pega em outra localidade que dispõe de energia elétrica.

Poço artesiano e rádios utilizados com o uso de pilhas

A nossa reportagem conversou com os moradores, a senhora Luíza informou que só assiste televisão quando está na casa de parentes em Teresina ou em José de Freitas. A moradora relatou ainda que precisa da energia principalmente a noite por conta da iluminação elétrica, pois a mesma cuida da mãe idosa que tem dificuldades de locomoção e da irmã que é acometida de um AVC e também precisa de cuidados especiais, a casa é iluminada com a luz de vela branca e lamparina, disse Luíza.

Moradora Luíza concedendo entrevista para o portal Revista Opinião

Com 90 anos de idade, Dona Maria Piu disse que nasceu e se criou e ainda mora no mesmo local há 60 anos, e seu maior desejo antes de morrer é ver a chegada da enérgica elétrica na sua casa. A idosa informou ainda que algumas pessoas já passaram por lá prometendo, porém até agora nada do benéfico chegar em sua residência.

Dona Maria Piu, aos 90 anos e lucida ainda sonha com energia elétrica na sua casa

O desportista João Marquim, filho da aposentada informou que uma equipe do programa do governo federal luz para todos, ficaram de retornar ao local em janeiro do próximo ano para renovar os documentos do pedido de implantação da energia elétrica na sua localidade. Apesar de não ter energia elétrica o local é encantador, um verdadeiro paraíso no meio do mato, distante cerca de 10 Km de José de Freitas.

Portão de acesso a residência da idosa na localidade Caldeirão Velho-José de Freitas


Revista Opinião
ESPORTES
ENTRETENIMENTO