Revista Opinião

Após 1 mês presa, veja o destino da jovem esquizofrênica que matou o próprio tio em José de Freitas

Chagas Silva (Revista Opinião)

Após um mês e dois dias presa em uma das celas da delegacia de polícia de José de Freitas, a jovem esquizofrênica Mariana Dornelles de Oliveira, 25 anos de idade, autora da morte do próprio tio de 92 anos de nome Raimundo Dorneles de Oliveira, foi levada para tratamento psiquiátrico no hospital Areolino de Abreu em Teresina, onde a mesma se encontra internada.

O crime aconteceu nas primeiras horas da manhã do dia 02 de Abril deste ano, na localidade Alto da Cruz, em José de Freitas, onde sobrinha e tio moravam. A tragédia famíliar foi praticada durante uma crise psicótica sofrida por Mariana, que desferiu um golpe de faca no peito do idoso, que morreu deitado em uma rede na sala do casebre onde moravam.

Na data do ocorrido, a jovem foi levada pra delegacia de polícia local, onde permaneceu até o último dia 04 de Maio. Durante o período presa do distrito policial desta cidade, a detenta foi assistida pelos os profissionais de saúde mental do serviço social do município.

Mariana (Foto: F. Mendes)

Adicionar Comentários

Your Header Sidebar area is currently empty. Hurry up and add some widgets.